Segunda fase do Programa e-escola

 O Governo já tinha dado vários sinais de que estava a ser preparada a segunda fase do programa e-escola, que durante os últimos três anos garantiu a alunos e professores o acesso à compra de computadores portáteis com ligação Internet a condições especiais. Hoje o Conselho de Ministros aprovou uma resolução que define os contornos do e-escola 2.0, que será apresentado esta tarde em conferência de imprensa.



Segundo o comunicado, o objectivo é continuar a promover a info-inclusão, estando previsto "o desenvolvimento de um programa-quadro que permita a continuidade de acesso a computadores portáteis e internet em condições especiais para a comunidade educativa".

A criação e utilização de conteúdos educativos através das TIC, recorrendo às infra-estruturas de computadores instalada e ligação à Internet, está igualmente prevista, colmatando críticas que apontavam a falta de conteúdos como uma das principais falhas deste programa.

Fica ainda definido que no e-escola 2.0 será incentivada a utilização das Redes de Nova Geração "que estarão em implementação em todo o País até 2012", terminando a ligação umbilical que o e-escola mantinha com as operadoras móveis, que suportavam os incentivos através do recurso ao Fundo para a Sociedade da Informação, criado aquando da atribuição das licenças 3G.

O Governo salienta ainda que o Programa e-escola "constituiu um marco no desenvolvimento da sociedade da informação em Portugal", possibilitando o acesso de 1,7 milhões de beneficiários a um computador portátil, enquanto cerca de 1 milhão puderam aceder à Internet em banda larga.

Recorde-se que o Programa e-escola se mantinha em funcionamento mas que os operadores móveis alegavam estar a ficar sem fundos para suportar novas adesões, o que limitava sobretudo os pedidos dos alunos que beneficiavam do 1º e 2º escalão da acção social escolar.

No entanto, não são ainda claros os contornos do novo programa e-escola 2.0 e da forma como será garantido o acesso aos equipamentos e às RNGs. Mais informações em breve!

Fonte: Tek Sapo

1 comentário:

Anónimo disse...

Recentemente a Optimus Kanguru renovou os tarifários oferecidos no âmbito do programa e.escolas para os alunos do 3º escalão, passando assim a dispor de tarifários mais ajustados ao mercado actual, designadamente:

– BASIC: Com 2GB de tráfego incluído por mês, a uma velocidade até 2Mbps de download e até 384 Kbps de Upload, com o custo mensal de 15,67€;

– LIGHT: Com 4GB de tráfego incluído mensalmente, a uma velocidade até 4Mbps no caso do download e no caso do upload até 640 Kbps, tendo a mensalidade de 20,87€;

– XPRESS: Com tráfego ilimitado por apenas 31,26€ com uma velocidade até 7.2 Mbps de download e 1.4Mbps de upload.

A Vodafone e a TMN apresentam tarifários similares, mas mais caros, e em alguns casos com menos tráfego (noutros casos com mais velocidade)...

Related Posts with Thumbnails

Quer receber as últimas notícias do e-escola no seu e-mail?

Introduza aqui o seu e-mail para receber as últimas notícias e-escola

Desenvolvido por Google FeedBurner

Ocorreu um erro neste dispositivo

Insira aqui o seu e-mail para receber todas as novidades e-escola: