Queixas do e-escola são 0,5 em mil, diz Governo

O Ministério das Obras Públicas, Transportes e Comunicações (MOPTC) admitiu a existência de queixas sobre o e-escola, mas sublinha que estas reclamações representam «uma taxa pouco relevante, da ordem dos 0,5 por mil».
A informação surge num comunicado oficial emitido pela tutela na sequência do surgimento de uma notícia publicada na imprensa sobre a recepção de 135 queixas sobre o programa por parte da Deco. De acordo com a nota do MOPTC «todas as reclamações são prontamente atendidas e algumas permitiram mesmo operar melhoramentos».
Citando um estudo realizado pela Autoridade Nacional de Comunicações o organismo refere que «os níveis de satisfação [dos aderentes ao programa] verificados são muito elevados».
Em relação a dados oficiais, o MOPTC refere que desde o início do e-escola, em Junho de 2007 foram já entregues mais de 350 mil computadores com acesso à Internet: 70 mil a professores, 140 mil a estudantes e outros 140 mil a formandos do Programa Novas Oportunidades.

Fonte: Notícias Google

8 comentários:

DARWIN disse...

certamnete ai não estao contadas as queixas feitas na tmn so sao as que vao mais longe eu na tmn ja vou na terceira encomenda e ainda não tive portatil primeiro escolhi o toshiba l 300 que nunca chegou por esgotar foi me pedido para optar por outro depois escolhi um acer que teve la que era 2.4 mandaram um errado e eu devolvi por tatil este que penso que foi so para publicidade e se havia devia ser so uma duzia ou duas e agora por fim escolhi o asus x59 sl encomenda feita desde o dia 29 de novembro e que ate entao ainda não chegou e ainda dizem que isto funcina bem é provavel a tmn é que deve funcionar mal mas na minha zona so tenho rede movel tmn.

Anónimo disse...

é de facto uma situação lamentável, Darwin. Quanto aos números do governo... é o que já estamos habituados!

Anónimo disse...

Isto e uma treta.... pedi um insys pela tmn mas enganei me... entao devolvi por correio e mandei uma carta pra la... disseram k iam tratar do assunto e nao fizeram nada.. o mais espetacular e k no site do eescola ta tudo como estava... So sei que ja tou a mais de 3 meses nisto!!!

Infinitozero disse...

Quando o MOPTC diz que as queixas são prontamente respondidas deve estar a gozar com o povo.
Enviei uma reclamação ao MOPTC (3/12/08), ao Ministério da Educação (13/1/09), Einiciativas (2/12/08) e ANACOM (13/1/09). Até agora Nada!!! (com honrosa excepção do Procurador Geral da República, que respondeu prontamente)
Na minha queixa denuncio o que me parece ser uma discriminação vergonhosa. Em que os alunos do 1º e 2º escalão estão impedidos de aceder a tarifários de largura de banda superiores a 1Mbps e estão limitados a 1GB, enquanto que os alunos de 3º escalão (mais ricos!!) podem escolher entre este tarifário básico e um outro com 2Mbps e 3GB de downloads.
Um aluno do 2º escalão, se usar um volume de tráfego de 1,4G, paga 25€/mês e limitado a 1Mbps, um aluno do 3º escalão paga um pouco menos (24,65€), por mais do dobro do tráfego e o dobro da velocidade (3GB e 2Mbps).
Qual a justiça nisto????

Porque é que os alunos de menores rendimentos estão impedidos de aceder a um tarifário que se pode tornar eventualmente mais barato?

Experimentem a navegar na Net a ouvir musica online durante 1,5h-2 horas, ver 6 ou 7 filmes no YouTube e chegam fácilmente á conclusão que 1GB não chega para nada. E já não estou a contar com downloads para o disco rigido.
Só o video publicitário do governo, no site Einiciativas/Eescola, consome 22MB. Este vídeo pesou 16% do tráfego total que gastei online em cerca de 2h de uso (142MB = Musica online + 6 ou 7 videos YouTube_HD+pesquisa) e que resultou numa estimativa de consumo de 4GB por mês!!!!
Gostava de saber o que se consegue fazer com 1GB....
Espanta-me que os pais, associações de alunos e professores não se revoltem contra esta vergonhosa indiscriminação.
Temos o governo e políticos que merecemos.
Agradeçam ao Sócrates pela brilhante ideia de gastar os milhões que as operadoras móveis deviam ao estado, num projecto que fomenta a discriminação e a segregação de classes.

Anónimo disse...

Gostava de saber se alguem que teve problemas com os pcs da Insys teve ajuda tão prontamente como dizem...lol.
Recebi um pc da Insys, o windows não vinha instalado e tive quase um mes para conseguir falar com alguem do apoio tecnico em 3 dias so me atenderam 2as vezes,e foi porque nao sai de casa tive os dias todos agarrada ao telfone,e para o pc ficar na mesma... dizem para deixar msg que depois ligam...deixei 3 ou 4 e nunca ninguem ligou... enfim... so falando com alguem da tmn é que soube que tinha 30 dias para devolver o equipamento, se nao nem isso me diziam e ficava com um pc estragado em casa. Para já acho que deviam mandar todos os pcs correctamente instalados porque nem toda as pessoas percebem o que fazer.

Anónimo disse...

...continuando , se isto não desse tantos problemas, os operadores do apoio tecnico da Insys conseguiam e atendiam o tel...é um pouco humilhante para alguns, so pq nao se tem pucibilidades para comprar um pc na loja de 500€ ou 600€, receber uma coisa estragada.. não é estar a ser como,se diz, ser pobre e mal agradecido, mas xateia, quando nao se tem nao se tem, agora quando se axa que se pode ter e vem avariado e triste... e depois NAO HA ninguem que ajude..

Anónimo disse...

Mais uma vez somos enganados pelas campanhas de saldos. Isto é um chamariz de muito mau gosto.O que e a quem interessa ir levantar um computador que nos vai fazer estar x tempo agarrado a um aluguer de Internet e pagar 150,00€ por um equipamento que não funciona no meu caso não tem sistema operativo tem instalado a Tmn diz que só é responsável pela net e a ACER pelo pc e agora foi ficar com um equipamento que nunca funcionou vai ser aberto porque agora vão culpar os CTT expresso pelos cuidados que têem com o equipamento e vamos gastar gasolina tempo e telefonemas por uma porcaria made in china.já fui "enganado" É de lamentar este país incompetentes que mandam as coisas sem se certificarem que estão aptas a funcionar.O Sistema operativo não se perde assim.

Anónimo disse...

Afinal sempre o povo tem a sua razão.
Senão vejamos. Inscrevi o meu filho há dois anos em Setembro de 09 veio a tal senha e foi feito o pedido.Escolhi a TMN porque sou cliente há 15 anos decidimos pela marca ACER e pagamos quando o fomos levantar aos CTT.Verifica-mos que o computador não funcionava= assistência tecnica 707......e gasta dinheiro para ficarmos na mesma. O transporte danifica os comput......etc falta de cuidado..
Tem de ir para o Porto para ser arranjado,Fiquei parvo com a falta de sensiblidade desta gente.Eu quero outro computador novo eu paguei novo.Estamos enganados porque para a eescolas os computadores são mesmos de muito má qualidade e sem qualquer tipo de garantia porque se não, eles deveriam chamar as pessoas a uma loja e entregar o equipamento a funcionar.No que me toca ACER=chatice e por ter vergonha de o publicar aqui vai .Nós pensamos que só acontece aos outros mas quando nos toca é bué chato.
É neste país que vivemos e eu não tinha coragem de fazer isto a qualquer cliente porque os correios têem seguro de transporte basta acciona-lo.Agora quando mo entregarem sei lá se a placa não estava estalada o disco riscado e quantas vezes não vou andar com vontade de o atirar pela janela.Pague novo e leva velho é este reclame que a eescola deveria ter.

Related Posts with Thumbnails

Quer receber as últimas notícias do e-escola no seu e-mail?

Introduza aqui o seu e-mail para receber as últimas notícias e-escola

Desenvolvido por Google FeedBurner

Ocorreu um erro neste dispositivo

Insira aqui o seu e-mail para receber todas as novidades e-escola: